ImageUma amiga tinha me dito que a sensação após a cirurgia seria essa. A gente fica “pra morrer”. De fato, acordar da cirurgia e os cinco primeiros dias foram como um filme de terror. Passei muito mal com a anestesia, vomitei muito, desmaiei muito e mesmo com muito remédio, senti muita, mas muita dor. O corte da abdominoplastia não doeu em nenhum momento. O que pega é a lipo!

Já voltei para o quarto com a cinta, um macaquinho que vai do joelho ao ombro. Isso dá segurança, porque fica tudo firme lá dentro. 

Nem vou me ater muito a estes detalhes porque desanimam qualquer um. E não é essa minha intenção! Só quero contar a evolução disto tudo…

Voltei para casa no dia seguinte, após muitos desmaios, com três drenos, uma fralda e sem poder esticar a barriga e com apenas uma posição para dormir.

No terceiro dia, já fui à clinica fazer a primeira sessão de drenagem linfática. Mais um desmaio. Dói demais, porém é muito importante e eu virei a maior fã de drenagens, pretendo nunca mais abandonar! Também troquei os curativos, arrumei os drenos etc.

Fiquei me perguntando se seria essa dor por muito tempo e cheguei a me arrepender: “Por que raios eu fiz isso comigo mesma?” Mas isso passa. Aos cinco dias, tudo melhorou…